Neste dia 04, às 20:00h, o NRS- SUL confirmou o segundo paciente com a Covid-19, doença causada pelo Coronavírus, em Uruçuca. O paciente estava internado no HRCC, desde o dia 01/04, com uma dor abdominal. Ao realizar exames de imagem, levantou-se a suspeita, e foi realizado a coleta Covid-19. O resultado positivo foi emitido hoje, pelo LACEN. O paciente recebeu alta hospitalar, já está em casa e em isolamento domiciliar junto com seus familiares.

A vigilância epidemiológica já adotou todos os protocolos necessários para a situação. A recomendação é que todos continuem adotando todas as medidas para se precaver e que monitorem possíveis sintomas da doença.

O Prefeito Moacyr Leite Júnior reforça a recomendação para que todos continuem a adotar as medidas de precaução e monitorando possíveis sintomas da doença. O Prefeito destaca, ainda que, por meio do comitê de crise, vem monitorando a situação do município e tomando medidas mitigatórias para evitar o contágio desenfreado da doença. (Ichocolate)


As medidas de combate ao coronavírus e os decretos de suspensão de atividades e serviços adotadas pela Prefeitura de Itacaré, alertando para a importância do isolamento social, fazem com que a cidade permaneça até o momento sem nenhum caso confirmado de Covid-19. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria municipal de Saúde na tarde deste sábado (04), dos 11 casos notificados na cidade,10 deram negativos e um está aguardando resultado. Nenhum caso foi confirmado e 47 ´pessoas estão em monitoramento e isolamento domiciliar

Mesmo sem casos registrados da doença, o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, reafirmou que o município vai continuar com todas as medidas de proteção e vigilância contra o coronavírus. Ele solicitou que a comunidade continue em estado de alerta, principalmente nesse momento onde as projeções mostram que será o pico da contaminação do Covid 19 em todo o Brasil. Uma das medidas para evitar que o coronavírus entre na cidade foi a criação de barreiras sanitárias, fazendo a medição de temperatura e evitando a entrada de pessoas com casos suspeitos da doença.

De acordo com o prefeito, é preciso nesse momento que a comunidade se conscientize dos riscos que todos correm com a contaminação do coronavírus, daí a importância do isolamento domiciliar, ficando em casa e caso tenha a necessidade de sair, que tome todos os cuidados necessários. Também reafirmou que os hotéis, pousadas e donos de casas de aluguel precisam colaborar, evitando receber turistas nesse período. Ele explica que o momento é de combater o coronavírus e logo que essa pandemia passar Itacaré vai fazer uma ampla campanha de divulgação do seu destino turístico, com a oportunidade de realização de negócios. “Mas o momento é de cuidar da vida do nosso povo”, finalizou o prefeito.


O Laboratório Central da Bahia – Lacen, confirmou neste sábado, 4, o primeiro paciente com a Covid-19, doença causada pelo Coronavírus, em Uruçuca. O paciente, sentiu os primeiros sintomas no dia 24 e permaneceu em isolamento domiciliar desde esta data. A vigilância epidemiológica do Município já adotou todos os protocolos necessários para a situação e mais detalhes serão passados posteriormente.

O Prefeito Moacyr Leite Júnior reforça a recomendação para que todos continuem a adotar as medidas de precaução e monitorando possíveis sintomas da doença. O Prefeito destaca, ainda que, por meio do comitê de crise, vem monitorando a situação do município e tomando medidas mitigatórias para evitar o contágio desenfreado da doença. (Ipolítica)


A cidade de Itapetinga teve o primeiro caso do novo coronavírus confirmado nesta sexta-feira (3). A informação foi confirmada pelo prefeito do município durante uma live na noite de sexta (ver no youtube). O teste foi realizado no Laboratório Central (Lacen), após a vítima dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na última quarta-feira (1), e falecer. Rafaela de Jesus Silva de 28 anos tinha quadro de insuficiência respiratória, fortes dores de cabeça e febre. Diante do quadro grave e do óbito repentino, a Secretaria Municipal de Saúde fez a coleta do material para teste de COVID-19 e encaminhou para o Lacen, que confirmou o diagnóstico de Coronavírus nesta sexta-feira (3). Informações Giro em Ipiaú.


Termina no dia 6 de maio o prazo para que cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado regularizem a situação. Quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Como regularizar o título

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral próximo a sua residência, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto. Além disso, será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer. O prazo para fazer a solicitação termina em 6 de maio, último dia para emissão do título e alteração de domicílio eleitoral antes das eleições.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

A situação de cada eleitor pode ser verificada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O primeiro turno será realizado no dia 4 de outubro. Se necessário, o segundo turno será no dia 25 do mesmo mês. Cerca de 146 milhões de eleitores estarão aptos a votar. (Agência Brasil)


O Governo do Estado da Bahia publicou, no Diário Oficial (DOE) deste sábado (4), decreto que prorroga a suspensão do transporte intermunicipal em cidades da Bahia até o dia 15 de abril. A medida, que tem como objetivo conter o avanço da contaminação por coronavírus na população baiana, estava programada até 5 de abril, mas foi estendida por mais 10 dias por determinação do governador Rui Costa. Na publicação de hoje, o governador também incluiu Conde, Uruçuca, Itapetinga, Conceição do Coité e Utinga na medida restritiva. Nestas cinco cidades, a suspensão terá início a partir deste domingo (5).

Já são 49 municípios com o transporte suspenso na Bahia: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos, Canarana, Ipiaú, Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca, Dias D’Ávila, Alagoinhas, Barra, Candeias, Coaraci, Itajuípe, Medeiros Neto, Santa Cruz Cabrália, Barra do Rocha, Eunápolis, Belmonte, Conde, Uruçuca, Itapetinga, Conceição do Coité e Utinga.

Ficam suspensas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Em algumas cidades sem casos de coronavírus, o sistema de transporte intermunicipal foi suspenso porque está integrado ao de municípios com registros da doença.

Ferry Boat
Também foi publicado no Diário Oficial de hoje resolução da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) que determina redução de capacidade das embarcações do ferry boat, para Itaparica, e das lanchas, para Vera Cruz, para 50%. A medida passa a vigorar a partir da próxima segunda-feira (6) e também tem o intuito de desestimular a travessia de veranistas que têm realizado a travessia com frequência, neste momento de isolamento social.


A flexibilização da abertura de parte do comércio, fechada pelo decreto 1229/2020, da Prefeitura de Maraú, não quer dizer que as pessoas abram mão do distanciamento social. Ou seja, não é uma autorização para que todos saiam às ruas. A condição para essa flexibilização, porém, é que os estabelecimentos sigam rigorosamente as orientações da secretaria de saúde, o que será fiscalizado pela Vigilância Sanitária e demais agentes públicos.

Os estabelecimentos deverão obedecer as normas de utilização de EPI’s, bem como adotar as medidas de prevenção determinadas pelo Ministério da Saúde quanto a limpeza, higiene, prevenção, conscientização, informação e controle do Novo Coronavírus (COVID-19). O comércio que não estiver cumprindo a regras constantes no decreto, por ocasião da fiscalização, será orientado a fazê-lo e notificado. Em caso de reincidência, será fechado.