Acontecerá nesta quinta-feira, dia 18 de janeiro, às 9 horas da manhã, na Casa dos Conselhos, antiga igreja Bola de Neve, fundos dos Correios. O primeiro encontro para discussão do projeto de requalificação da avenida Castro Alves (Antônio Athanásio), orla principal da cidade.A proposta é discutir com toda a comunidade o projeto e ouvir sugestões, ideias, propostas e a partir de então se elaborar o projeto básico que será apresentado à Caixa Econômica Federal. O encontro é aberto a empresários, moradores, representantes da sociedade civil organizada e todos as pessoas interessadas em discutir o projeto.

Na semana passada o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, assinou o contrato entre a Caixa Econômica Federal e a Prefeitura Municipal para as obras de requalificação completa da avenida Castro Alves. Os recursos para essa obra são do Ministério do Turismo, conseguidas através de duas emendas parlamentares, sendo uma no valor de R$ 492.500,00, de autoria do deputado federal Nelson Pelegrino, e a segunda no valor de R$ 641.000,00 do deputado federal Ronaldo Carleto.


O ano de 2018 mal começou e os bandidos já aterrorizam na região cacaueira.


De acordo com populares, nesta terça- feira (16/01), cerca de dois homens armados cometeram assaltos à três veículos, na cascalheira, ponto da estrada que liga Taboquinhas á Ubaitaba, Ba 654/ Br 101. Dentre os veículos, um palio de cor preta com uma senhora e uma gestante, uma kombi de cor branca onde maioria eram funcionários de uma escola que funciona na região, e completando os assaltos, os bandidos surpreenderam o condutor de uma motocicleta de modelo não informado. O que se sabe é que, de todos os assaltos pouca coisa foi roubada e ninguém ficou ferido, o mais interessante da questão é que os assaltos acontecem sempre no mesmo local e ninguém é preso.

Uma guarnição da 72° CIPM, no final da tarde, fez uma ronda no local onde os crimes aconteceram. A população de Taboquinhas e região fica assustada com a situação, que a pouco tinha amenizado e ninguém mais ouvia falar de ocorrências do tipo. (Itacaré Online)


O ‘gigante’ Léo Santana se irritou durante um show que fez em Guarapari, no Espírito Santo, no domingo (14). Léo pediu para banda parar de tocar e chamou para briga um rapaz da plateia depois de ser chamado de ‘corno’. O rapaz estaria irritado por conta do atraso para começar a apresentação e teria feito gestos obscenos para Léo.

“Me respeita, vagabundo. Venha aqui falar comigo”, pede o cantor no vídeo, logo depois interrompendo o show. Léo é namorado da bailarina Lorena Improta, com quem reatou o relacionamento em dezembro, depois de um curto término. “Venha aqui em cima falar”, diz ele em seguida, para o rapaz na plateia.

Procurada pelo iBahia, a assessoria de imprensa de Léo confirmou a veracidade das imagens e explicou que a situação se encerrou logo de imediato, como mostram as imagens. Confira vídeo clicado AQUI. Do Correio 24horas.


 

O cantor de reggae Edson Gomes, natural de Cachoeira, no Recôncavo baiano, continua com a língua afiada. De volta à Concha Acústica, o artista afirma que a cena atual do reggae “é muito confusa”. “Cada um atira para um lado, não existe uma unidade, um objetivo”, diz o cantor em entrevista ao jornal A Tarde. A acidez do seu discurso também chega a outros ritmos baianos: “As músicas de pagode e axé têm um objetivo, que o nada. Nós não temos um objetivo: o que queremos mudar, alcançar? Não existe, cada um atira para um lado, então basicamente é um ritmo”. Edson Gomes também falou sobre o uso da sua música em protestos e greves trabalhistas. “Eu me sinto homenageado, é claro. Prestigiado, até. Mas também explorado, né? Porque eles usam minhas músicas nos protestos e greves, ms nas festividades deles, não me contratam”, alfinetou. (Bocão News)


O desespero fez com que uma mulher usasse seu perfil de uma rede social para anunciar que estaria doando suas duas filhas – de três anos e a de nove meses – por não ter condições financeiras para criar as crianças. O caso aconteceu nesta segunda-feira (15), no município de Mundo Novo, na Bahia. O conselho tutelar foi acionado e a jovem mãe desistiu da doação e fez uma nova postagem, nesta terça-feira (16), se dizendo arrependida por ter pensado em dar as crianças.


Um tubarão foi encontrado morto na praia de São Miguel, na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, na manhã desta terça-feira (16). Banhistas que passaram pelo local fotografaram o animal. De acordo com informações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a suspeita é de que o tubarão tenha morrido no mar e o corpo tenha encalhado na areia. No entanto, não se sabe as causas da morte. A espécie do tubarão e o tamanho dele não foram definidos pelo Ibama. Conforme o instituto, a remoção do animal da praia deve ser feita pela Prefeitura de Ilhéus. *Informações do G1.